Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Mídia chinesa indica míssil russo que pode ser 'pesadelo' para Pentágono

O portal chinês Sohu informa que, de todo o arsenal de mísseis da Rússia, a maior ameaça para os EUA é o míssil balístico intercontinental RS-28 (Sarmat). A mídia chinesa chama esta arma de "míssil russo mais terrível".


Sputnik

O portal Sohu indica que o aparecimento dos mísseis Sarmat RS-28 no arsenal da Rússia será um pesadelo para os EUA. O autor chama a atenção para o fato de o Sarmat ser capaz de superar até mesmo os mais promissores sistemas de defesa antiaérea que estão sendo desenvolvidos nos EUA.

Testes do míssil balístico intercontinental Sarmat, 29 de março de 2018
Lançamento do míssil Sarmat © Foto : Ministério da Defesa da Rússia

Na publicação é igualmente assinalado que as tentativas dos americanos de criar um sistema capaz de deter o Sarmat não conduziram a nada, destacando superioridade dos desenvolvimentos nucleares russos.

O RS-28 é um míssil balístico intercontinental pesado de combustível líquido que está sendo elaborado para o Exército russo. O míssil é projetado para substituir o antigo míssil soviético R-36M Voevoda, como o componente básico do potencial nuclear da Rússia. As ogivas do Sarmat dispõem de uma série de contramedidas destinadas a penetrar qualquer "escudo" antimíssil.

Sapateira 1 Porta 4 Prateleiras com Espelho - Poliman Flávia

Sapateira 1 Porta 4 Prateleiras com Espelho - Poliman Flávia

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas